Pesquisar este blog

Cientistas encontram evidências de vida após a morte


Mesmo após a morte do cérebro, podemos permanecer consciente, algo que se pensava impossível, porém confirmado por estudo recente.
Foi o maior estudo de experiências de quase-morte de todos os tempos.

Pesquisadores da Universidade de Southampton por 4 anos estudaram as experiências de mais de 2.000 pessoas que sofreram parada cardíaca em hospitais do Reino Unido, EUA e Áustria. Quase 40% dos que sobreviveram à parada cardíaca, experimentaram alguma consciência durante o tempo entre a morte clínica e o reinício do funcionamento do coração.

Um homem de 57 disse aos cientistas que durante a sua morte clínica, ele estava fora do corpo e viu como os médicos o reviveram. Ele descreveu em detalhes tudo o que havia acontecido, o que seria impossível sem ter visto.

“Nós sabemos que o cérebro não pode funcionar quando o coração para de bater”, disse Sam Parnia, diretor do estudo publicado na revista “Resuscitation”. “Mas neste caso a consciência permaneceu pelo menos três minutos após o coração parar de bater, porém, geralmente o cérebro morre dentro de 20 ou 30 segundos”.

Além de observar o que estava acontecendo ao seu redor, muitas pessoas mencionaram que eles viram uma luz brilhante ou sol. Parnia acredita que muitas pessoas podem ter experimentado algo semelhante, mas esqueceram por causa da medicação ou acharam que foi apenas uma ilusão.

“Muitas pessoas pensaram que haviam tido uma alucinação, mas o que eles viram na verdade, corresponde a fatos que realmente aconteceram”. Parnia afirma que estudos futuros permitirão saber mais sobre o que acontece conosco depois da morte.


Inscreva-se para receber novos artigos e informações exclusivas por e-mai

Informe o seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Amigos Do Google +

FACEBOOK

Postagens populares

Arquivo do blog